Organização pessoal e profissional na maternidade

Quem é mãe sabe: não é fácil organizar o tempo para fazer metade da programação da agenda quando se tem criança em casa. E mesmo quem não é mãe, também sente a dureza de se cumprir um cronograma de atividades diário.

Sempre fui uma pessoa que preza pela organização. Em post anterior, contei como a organização sempre fez parte da minha vida e como isso me ajudava com as finanças. Mas depois da maternidade de primeira viagem, vi minha agenda e a minha vida mudarem radicalmente.

Minhas prioridades realmente mudaram, meus valores também! Uma noite inteirinha de sono passou a ter um valor inigualável. O colo, a troca de olhares e aquela mãozinha apertada na hora de dormir fazem meu coração transbordar de tanto amor!

Mas, superadas as delícias e desafios da maternidade, as dicas de organização sem dúvida ajudam – e muito – na produtividade pessoal e profissional. Separei aqui algumas sugestões que, apesar de óbvias, acabam ficando esquecidas nos primeiros meses da maternidade:

  1.  AGENDE-SE

Meu marido sempre diz que sou a “louca da agenda”. Talvez sim. Quem é que leva agenda para Lua de Mel? Eu!! Minha paixão por agenda de papel é antiga!

Mas a dica é: faça listas para tudo, tudo mesmo. Agende as atividades e compromissos, indicado um tempo específico para a realização. Separe em colunas ou arquivos por temas – pessoal, familiar, profissional, etc.

A utilização de agendas virtuais sincronizadas com mais pessoas (marido, cuidador, sócio) facilita muito a organização e lembrança dos compromissos.

O planejamento diário e semanal vale também para as tarefas domésticas. Para quem não tem uma mãozinha de um profissional do lar, ou não o tem full time, sabe que as atividades de uma casa são muitas, intensas e não acabam nunca. Uma lista/agenda de atividades funciona muito bem.

  1.  CRIE ROTINA

Cada família deve decidir o tipo de cuidados e de hábitos que querem ter e dar aos seus filhos. Não nos cabe interferir, nem julgar.

Durante a gestação li muitos livros e contei com conselhos incríveis. De tudo o que li e ouvi, o melhor deles foi: crie uma rotina para o bebê!

Os pediatras garantem que os bebês gostam de saber que certas coisas acontecerão em determinados horários. Ter uma rotina é saudável para as crianças, pois se sentem seguras, sabendo o que virá a seguir.

Um bebê com horários ajuda muito a produtividade dos pais.

Mesmo para quem não gosta da “rotina”, eu garanto: quando se tem muitas atividades ao longo do dia, ter uma lista de afazeres e acontecimentos pré-definidos, diminuiu a ansiedade e favorece a harmonia.

É preciso levar em conta as horas gastas em reuniões, atividades individuais relacionadas ao trabalho e também pessoais, como uma brincadeira gostosa com o filho, além de preparar-se para imprevistos, que são relativamente variados no primeiro ano de vida de um bebê.

  1. APRENDA A DELEGAR

Confesso minha grande dificuldade em aprender e colocar em prática esse item.

A maternidade me trouxe muitos ensinamentos, mas talvez o mais importante deles foi a humildade de pedir ajudar e a compreensão que não consigo fazer tudo sozinha.

Delegar não é apenas nomear alguém a quem você passará determinada atividade ou tarefa. Delegar não é exonerar-se da sua responsabilidade ou livrar-se de tarefas desagradáveis. Delegar é fazer as coisas acontecerem através de outras pessoas, por isso precisa de planejamento, clareza na comunicação e acompanhamento.

  1. PERDOE-SE

Acredito que não exista uma só pessoa no mundo que goste de errar. Mas, sempre fui muito dura comigo (e com os outros) diante de uma falha, de um atraso.

Imprevistos realmente acontecem (só internalizei isso depois de ser mãe) e muitas vezes não se tem nada a fazer a não ser pedir desculpas e perdoar-se.

Por muitas vezes não consegui fazer metade do que queria, precisava e desejava e não raras vezes me frustrei muito.

Por isso, é importante ser flexível e aceitar que nem tudo pode ser feito 100% à risca. Perdoe-se e siga em frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *