A mágica de multiplicar o tempo

agenda-juntus-organizacao

A ideia desse post é compartilhar um pouquinho de como eu me organizo para trazer dicas ou inspirar outras pessoas a também buscarem isso sempre – esse é um delicioso vício meu.

Só para ficar bem claro, não sou expert em nada de ‘X-organizer’; só tenho uma dificuldade muito grande em não entrar de cabeça nas coisas bacanas que encontro por aí (e são muitas) – então, tenho reinventado a cada dia fórmulas para caber mais coisas na minha vida sem precisar dormir cada vez menos.

#1 – Onde você anota o que?

1. Agenda: é para… ‘agendar compromissos’. Então, entra ali: o que você vai estar fazendo em cada horário – onde vai estar e com quem. Gosto também de colocar o objetivo daquele compromisso para não correr o risco de me empolgar numa boa conversa ou numa ideia nova e voltar para casa com um monte de coisas, mas sem o que fui buscar.

* Dica importante: colocar tudo, tudo, tudo na agenda. A minha tem até horário para comer e dormir, senão acabo marcando um compromisso depois do outro como se fosse o homem bicentenário.

* Dica extra: para aqueles eventos, convites e compromissos que você quer ir mas não sabe se vai conseguir – minha sugestão é usar uma agenda separada (só para isso). Daí, passa para a ‘agenda oficial’ só o que está fechado e não mistura o que é certeza com possibilidades.

2. Tarefas: tarefa é ‘aquilo que a gente tem que fazer’ – ou seja, tem que virar uma “entrega” para alguém. Ela pode estar no app, numa agenda (que não é a de compromissos) ou num caderno – mas é bem importante que ela esteja sempre no mesmo lugar para encontrar as informações quando precisar.

Já testei mil blablabla diferentes, mas sabe o que não consigo abrir mão? Do Excel!!! Depois de ficar muito tempo tentando mexer nisso e naquilo, percebi que seria mais produtivo se eu ‘me desenvolvesse’ em algo que resolvesse o máximo dos meus problemas, e o Excel faz isso para mim. Uso para quase tudo, inclusive planejar e acompanhar as tarefas.

3. ah… os cadernos: eles geralmente são (ou devem ser) para anotações rápidas, organizar o pensamento e explicar as coisas para quem está com a gente. Acho essa ferramenta o maior perigo do mundo quando as informações entram ali e não saem nunca mais; então a dica é: sempre reservar um tempinho para ‘resgatar’ as tarefas e compromissos (ou já fazer isso na hora!)

Para terminar: é legal pensar que tudo que chegar para você tem que ser catalogado:
– é um número de telefone ou email? Vai direto para o agenda de contatos do celular
– é um compromisso que você não pode faltar? Já vai para a agenda de compromissos
– é um evento super incrível que você não sabe se vai ter grana para ir? Coloca a agenda ‘wishlist’ e depois resolve
– é uma tarefa, uma entrega para alguém? Vai para o lugar que você escolheu para esse acompanhamento
– é uma ideia, algo que precisa comprar ou essas outras coisas que surgem na nossa cabeça? Vai para um caderno, notas no celular ou app (só que já separado por categoria, hein?)

Gostaria muito de continuar falando desse assunto, então, se ficou com dúvidas ou tem mais dicas que acha que pode ajudar outras pessoas, manda para a gente compartilhar: apysantos@junt.us.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *