Blog

Preguiça X Cansaço: reconheça qual deles influencia sua produtividade

Você se sente cansado e incapaz de ser mais produtivo no seu dia-a-dia?
E se eu te dissesse que muito provavelmente este cansaço pode ser melhor definido como preguiça e que gastar mais energia pode ser a solução?  preguiça

É muito comum justificar nossas tarefas não cumpridas com a desculpa de que estamos cansados demais para realizá-las. Sabe quando surge a necessidade de executar uma tarefa e bate aquele desânimo?  E quando você passa a ter uma postura passiva e apática frente aos acontecimentos e pessoas ao seu redor?  
Seria mesmo cansaço ou preguiça?

A preguiça é uma característica de quem demonstra pouca disposição, um sentimento de falta de vontade e motivação, para o trabalho, atividades físicas, tarefas do dias-a-dia.

O sentimento de preguiça tem forte ligação com a negligência, demora ou lentidão em praticar qualquer ação, o que também pode estar relacionado com uma tarefa que não se queira realizar.

O mais importante é saber que não é classificada como patologia, ou seja, é normal sentir preguiça. Entretanto, confundir preguiça com cansaço justifica nosso desânimo e tira a responsabilidade por isso de nossas mãos, ex: é culpa do trabalho que exige demais, dos filhos ou mesmo da correria do dia-a-dia.

produtividade

Saiba que o cansaço dá sinais físicos claros, fruto do uso intenso da mente e do corpo, e assim, varia de indivíduo para indivíduo, dependendo do condicionamento físico, mental e emocional.
É por isso que  praticar exercícios físicos, nutrir-se corretamente e descansar formam o tripé da saúde, uma busca constante e diária.

É interessante observar que quando nos sentimos desmotivados e acreditamos que nossa fadiga é mental, constantemente escolhemos nos engajar em tarefas que exijam pouco raciocínio e energia, como dormir ou assistir a um programa qualquer na TV.

Entretanto, alternar estímulos de mente e corpo contribui para o descanso de ambos. Ex: Uma pessoa mentalmente exausta após um dia de trabalho escolhe descansar a cabeça correndo após o expediente – troca o estímulo, mas não estaciona.

 

corrida-de-rua-grupo

Convido você todos os dias a se superar, ir além, até chegar à fadiga e realmente poder se considerar cansado. Aí então,  descanse.


Quanto à preguiça, onde isso poderá te levar? Talvez ao fracasso, impedindo a sua evolução, que você cresça como ser humano e alcance seus objetivos e desejos na vida pessoal e profissional.
Dê o seu melhor a cada dia.
Vamos juntos?

blog comments powered by Disqus