Blog

O comunicador: uma pessoa, incontáveis talentos

Profissão: professor, advogado, jornalista, médico, designer. Muitos de nós têm respostas prontas a essa questão. obtidas assim que nos especializamos em determinada área. Outros não têm – e isso não é um problema.

Pessoas com tarefas, talentos e interesses diversos podem não se encaixar em nenhuma definição ou profissão conhecida e nomeada e muitas vezes se frustram quando questionadas a respeito. Em The Tipping Point (O Ponto da Virada, em português), Malcolm Gladwell mapeou um novo território conceitual e identificou três identidades no campo profissional: maven (experts), salesperson (vendedor) e connector (comunicador). Aqui, o foco é o comunicador.

A união e a potencialização de diferentes habilidades, uma extensa rede de contatos, a capacidade de pensar principalmente em pessoas e servir de ponte entre elas, além de conseguir espalhar um fenômeno – estas são algumas das características do comunicador, que pode ter uma ou mais profissões diferentes, relacionadas ou não entre si. O comunicador, em suma, é eficaz em conectar duas ou mais pessoas (daí o termo connector), e não mede esforços para alcançar grandes resultados.

cafecomfotojuntus-34

Algumas dessas expertises são intrínsecas e inatas, mas outras podem ser conquistadas, aperfeiçoadas e, é claro, precisam ser colocadas em prática. Estar em um ambiente de coworking, por exemplo, é uma ótima oportunidade para criar, manter e expandir uma rede de contatos – e isso é imprescindível para ser um empreendedor de sucesso. É esta rede que possibilita a conexão de pessoas e negócios.

Outra vantagem que o coworking proporciona é a possibilidade de otimizar a habilidade de se comunicar. Por ser um espaço no qual convivem pessoas de segmentos, idades, hábitos e curiosidades diferentes, inúmeras relações de troca podem se estabelecer. Delas saem parcerias, novas ideias, negócios e amizades. Tanto os comunicadores quanto os coworkers têm a cooperação como um de seus valores e não é raro encontrar comunicadores eficientes em espaços de coworking. Costumam ser pessoas abertas, altruístas e curiosas.

O Juntus é um ambiente com grande número de coworkers e, portanto, de comunicadores. Aqui, as trocas são constantes e os conceitos e definições pouco importam – é fundamental que o trabalho seja produtivo e que a convivência compartilhada gere frutos. O jeito Juntus de ser é uma união das particularidades de cada um que faz parte dessa rede empreendedora, e uni-las só é possível através de muita comunicação.

cafecomfotojuntus-40

blog comments powered by Disqus